Ser multitarefa não é sinônimo de produtividade

Focar em pouca quantidade de projetos simultâneos apresenta mais resultados qualitativos do que se deparar com uma gama inteira de trabalhos e não ter produtividade.

Ser multitarefa não é sinônimo de produtividade

Focar em pouca quantidade de projetos simultâneos apresenta mais resultados qualitativos do que se deparar com uma gama inteira de trabalhos e não ter produtividade.

verificado-p9b5wei8xhwe6tpnd9l0yfyhsau4bv7zr389bvjd9k

Camila Farani

07 de fevereiro • 2 min

verificado-p9b5wei8xhwe6tpnd9l0yfyhsau4bv7zr389bvjd9k

Camila Farani

07 de fev • 2 min

Vejo muitos empreendedores dizendo que estão sobrecarregados com tanta atividade para fazer, muitas responsabilidades, muitas operações, gestão de negócios, mas sem tempo para executar nenhuma delas.

Parem de fazer isso, pessoal! Estar cheio de tarefas, sem tempo para gerir e obter os melhores resultados não significa que você esteja ganhando esse jogo. Muito pelo contrário. A má gestão do seu tempo só impulsiona o estresse, e te torna menos saudável e produtivo no final do dia. 

Dúvida? De acordo com o livro The Mindful Marketer, “o fluxo constante de interrupções faz com que você gaste mais tempo por tarefa. Isso faz com que você enfrente uma maior pressão de tempo em cada uma delas”. 

Por isso, é mais importante você focar em pouca quantidade de projetos simultâneos (se possível, um por vez) para apresentar mais resultados qualitativos, do que se deparar com uma gama inteira de trabalhos e não ter produtividade no final das contas.

O que fazer para ser menos multitarefa e mais eficaz nas entregas?

Para contestar a falácia de que fazer tudo ao mesmo tempo é positivo, um estudo publicado no International Journal of Information Management, descobriu que a pessoa típica verifica o e-mail uma vez a cada cinco minutos e que, em média, leva 64 segundos para retomar a tarefa anterior depois de verificar seu e-mail. 

Ou seja, apenas por e-mail, normalmente perdemos um em cada seis minutos. Imagine, agora, que além do e-mail nós temos as mídias sociais, grandes vilãs da produtividade. Principalmente quem trabalha nelas, precisa delas, pesquisa nelas, mas na hora de produzir o seu conteúdo, não consegue focar e se desconectar delas…

Por isso eu gosto de chamar a atenção de todos para um seguinte ponto: fazer mais coisas não leva a resultados mais rápidos ou melhores. Fazer coisas melhores é que vai fazer com que você obtenha melhores resultados. Ainda mais quando você foca em uma tarefa, a probabilidade de apresentar melhores resultados é bem maior do que quando você divide a sua atenção com outras funções. 

Fica a reflexão: você sente que a sua produtividade é afetada pela quantidade de funções que você tem?