Você sabe o que é fundamental para conquistar o investimento de um tubarão?

Nesta guia eu vou mostrar ouro em pó para o empreendedor que deseja angariar recursos para o seu negócio. Tudo isso com base na minha tese de investimentos: os 5Ts.

Você sabe o que é fundamental para conquistar o investimento de um tubarão?

Nesta guia eu vou mostrar ouro em pó para o empreendedor que deseja angariar recursos para o seu negócio. Tudo isso com base na minha tese de investimentos: os 5Ts.

verificado-p9b5wei8xhwe6tpnd9l0yfyhsau4bv7zr389bvjd9k

Camila Farani

12 de novembro • 10 min

verificado-p9b5wei8xhwe6tpnd9l0yfyhsau4bv7zr389bvjd9k

Camila Farani

12 de novembro • 10 min

Antes de conhecer os principais tópicos que chamam a minha atenção na hora de pedir um investimento, você precisa saber que todo investidor tem a sua tese, que é um conjunto de princípios e referências que definem a escolha dos ativos. 

A minha tese vai ajudar você, empreendedor, a conseguir o tão almejado recurso para o crescimento da sua empresa e, até mesmo, ajudar na construção do seu Shark Pitch e atrair novas captações financeiras.

Então fique de olho nos cinco critérios principais da minha tese dos 5Ts: Team, Tech, TAM, Traction e Trench.

1 - TEAM: O time que compõe a sua empresa

Eu sempre procuro saber quem é o fundador ou fundadora, e qual a complementaridade que a pessoa possui. Além disso, também quero ver se o empreendedor(a) é uma pessoa focada no produto, se tem foco no fundraising (captação de recursos) e se tem os 3 elementos que eu considero principais: ser um bom comunicador, um bom recrutador e um bom vendedor.

Além disso, também reparo nas softs skills e hards skills da equipe como um todo:

Softs Skills – habilidades comportamentais, ligadas à interação e relação com as pessoas, e aptidões como foco, comunicação, inteligência emocional e produtividade. São competências importantíssimas para quem deseja se desenvolver profissionalmente. Comunicar-se bem, lidar com opiniões divergentes, manter o foco, conseguir se organizar e desenvolver liderança são habilidades que elevam a carreira, e melhoram o dia a dia profissional.

Hard Skills – São as habilidades técnicas, que podem ser facilmente aprendidas (e ensinadas) por meio de cursos, treinamentos, workshops, certificações, etc.

2 - TECH: O seu produto/serviço (tecnologia)

Meu critério ‘Tech’ não necessariamente se trata de tecnologia, mas sim de produto ou serviço. Qual a solução que seu produto ou serviço tem para as dores do mercado?

E costumo dizer que o empreendedor que deseja captar recursos, para chamar a minha atenção, ele precisa falar sobre os problemas que o seu produto ou serviço consegue resolver.

Nesta tese, eu busco saber se a tecnologia já foi testada, se já foi validada e se é patente.

3 - Total Available Market (TAM) e Service Available Market (SAM)

Tenha em mente que eu sempre vou gostar de saber se o TAM, que em português se refere ao Tamanho de Mercado, é grande o suficiente. E se o SAM, que em português se refere ao tamanho de mercado que você acha que vai atingir, é factível. 

É que, por meio destas siglas, os empreendedores conseguem prever a demanda que terão por seus produtos ou serviços, projetando as vendas e o crescimento. E eu, como investidora, consigo perceber se você, empreendedor, entende sobre o seu mercado e se esse mercado aceita o produto que você criou.

Vou dar uma dica mestre para você: costume fazer a seguinte reflexão: “A ideia pode ser maravilhosa, mas ela é vendável?”. Em seguida, no seu pitch, detalhe se a solução que você oferece para a dor do cliente é realmente relevante.

4 - TRACTION: Tração

A tração do seu negócio é um dos fatores mais importantes que, não somente eu, mas todos os investidores levarão em conta antes de investir na sua empresa. É a tração que mede o engajamento do seu projeto com o seu respectivo mercado.

Mas como medir a tração? Simples. Por ordem de importância, a tração pode ser demonstrada através de: lucros, receitas, clientes, clientes-piloto, usuários não pagantes.

O mais importante é que você identifique cada um destes aspectos e saiba demonstrá-los.  Uma apresentação de um projeto sem demonstração da tração não passa de uma mera história. E uma história sem tração é uma obra de ficção.

Mas atenção: o seu projeto deverá ser testado no mercado antes mesmo de você pensar em captação de recursos.

4 - TRENCH: Trincheira

Aqui eu quero saber se a sua empresa tem barreiras diante da sua concorrência, ou seja, qual é o nível de defensibilidade do seu negócio. Tenha em mente que ter “Trincheira” é você saber qual é o seu diferencial competitivo e como você se defende, além de conhecer os seus concorrentes.

Neste campo você deve saber o que o seu produto tem de diferente que não pode ser facilmente copiado.  A chave por trás desta tese é: o seu produto tem barreira de entrada? É difícil ou fácil copiar a sua tecnologia? Pense nisso!

No final das contas, os 5T’s vão refletir na percepção dos fundadores e/ou do CEO da empresa. Tudo isso circula em volta do empreendedor que está tocando o barco e, também, do time que escolheu para remar ao seu lado. 

Compartilhe este post nas suas redes sociais

Compartilhe este post nas suas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Não curti.

Meh…

Curti!

Não curti.

Meh…

Curti!

Você também pode gostar de:

Você também
pode gostar de:

Enterprise agility: o que era uma opção, agora é essencial

Empresas ágeis são aquelas que estão conseguindo…

Como melhorar a experiência do cliente?

Quando você encanta seus clientes e agrega mais valor…

Enterprise agility

Empresas ágeis são aquelas que estão conseguindo…

Experiência do cliente

Quando você encanta seus clientes e agrega mais…