Dicas de Felipe Titto sobre o comportamento empreendedor

“Fora do Aquário” é uma série de 5 lives realizadas no Instagram que eu, Camila Farani, organizei para trazer os principais temas de empreendedorismo diante de um Novo Oceano.

Dicas de Felipe Titto sobre o comportamento empreendedor

“Fora do Aquário” é uma série de 5 lives realizadas no Instagram que eu, Camila Farani, organizei para trazer os principais temas de empreendedorismo diante de um Novo Oceano.

verificado-p9b5wei8xhwe6tpnd9l0yfyhsau4bv7zr389bvjd9k

Camila Farani

30 de julho • 10 min

verificado-p9b5wei8xhwe6tpnd9l0yfyhsau4bv7zr389bvjd9k

Camila Farani

30 de julho • 10 min

O quarto dia de LIVE “Fora do Aquário” contou com a presença ilustre de, nada mais nada menos, Felipe Titto: ator, apresentador, empresário, influenciador digital, artista circense e chef de cozinha. Um dos nomes mais requisitados pelo mercado publicitário e uma das principais estrelas da atualidade bastante popular no brasil que teve destaque como apresentador na MTV, por suas atuações na rede Globo, como repórter e comandando seu próprio quadro no Vídeo Show. Além disso, Titto comanda 11 empresas de segmentos distintos.

 

Por isso que, você, empreendedor Tubarão, que deseja aprender com os grandes Tubarões, pode pegar agora um papel e uma caneta e anotar tudo o que o Shark Titto ensinou nesta conversa que foi uma aula sob um dos temas mais procurados em minhas redes sociais: Como obter engajamento no Instagram. Com direito a conhecer o início da jornada do empreendedor nessa rede social e dicas sobre o comportamento empreendedor.

 

Vem aprender como navegar neste Novo Oceano! Fique por dentro do que rolou no “Fora do Aquário”.

Saiba o que é preciso para aumentar o número de seguidores no Instagram

O empresário mais requisitado pelo mercado publicitário pontuou dicas importantes para o empreendedor que almeja crescer o número de seguidores em seu Instagram: “Uma coisa que funciona para dar certo nos dois tipos de perfil na plataforma (cnpj e cpf) é encarar a internet e entender que os algoritmos entregam de acordo com o que você usa nela. Ou seja, se você usar pouco, ele entrega pouco. Se você usar muito, ele entrega muito. Além disso, o empreendedor não pode subestimar a sua quantidade de seguidores: caso tenha 300 pessoas te seguindo no Instagram, você está falando para um ginásio inteiro. E isso é muita gente. Aproveite!”.

 

E quando o assunto é conteúdo dentro da plataforma, é importante dizer que ter uma recorrência de postagens no Instagram de acordo com a demanda do profissional do mundo Business é impossível! Não dá para o empreendedor gerar conteúdo em cima de tudo aquilo que ele faz, aprende e vive. E muito menos ele terá uma audiência o suficiente para acompanhar a sua rotina completa. 

 

Além disso, conhecer o seu público é de extrema importância para produzir posts que agradam a quem mais importa, ou seja, os seus seguidores: “É fundamental conhecer o seu público no Instagram. Uma maneira de saber quem realmente é o seu público é através de enquetes no Instagram, entendê-los diante dos posts mais relevantes e ler os comentários dos seus seguidores. Isso diz muito sobre a sua audiência”, ressalta Felipe Titto.

O Empreendedor Papel tem a frustração em seu DNA

Denominado como “Empreendedor Papel” aquele profissional que não consegue tirar as suas ideias do campo imaginário, Titto ressalta que, na maioria das vezes, este empresário será um empreendedor frustrado. 

Acontece que, no mundo dos negócios, tentar e errar é fundamental e todo mundo vai passar por este momento. Mas, ter uma ideia e não conseguir tirar do papel, e depois ver alguém fazer igual ou melhor, essa, sim, é uma frustração péssima que o Empreendedor Papel vai vivenciar.

Tenha disciplina e faça o que tiver que ser feito!

“É fazer o que tem que ser feito, criar disciplina. Para depois você fazer o que você quer”, essa foi a frase que o empreendedor destaca quando é abordado sobre a máxima de se fazer o que se gosta. 

A verdade é que, na maioria das vezes, o empreendedor não vai fazer o que ele gosta. Titto cita, por exemplo: “Eu odeio acordar cedo, mas eu preciso fazer o que eu tenho que fazer. Isso é comprometimento e disciplina. É um autoengano achar que o negócio vai dar certo no dia ou no mês seguinte e trabalhar menos sendo empresário ou patrão. A verdade é que você vai trabalhar muito mais”.

 “Se você ora pela chuva, esteja disposto a lidar com a lama”

Não adianta nada você reclamar quando houver adversidades pelo meio do caminho. Fato é que os dias bons vêm sempre acompanhados de dias ruins, e está tudo bem. A forma como você lida com isso é que vai definir o seu sucesso ou não. 

Felipe Titto deu um exemplo de sua rotina que serviu como aula para ser grato aos momentos ruins, ao invés de reclamar e pensar somente no lado positivo. Nessas horas é que se aprende as maiores lições da vida: “Um dia eu acabei de chegar em casa depois de um dia de trabalho pesado e aí eu reclamei, mas depois eu pensei: cara, eu não posso fazer isso. Se vem B.O, se vem problema, vem responsabilidade, então é porque você está trabalhando muito. Você precisa aprender a lidar com as consequências dos momentos bons”. 

Depois dessa aula com o Tubarão, Felipe Titto, você não vai querer mais ficar dentro do aquário. Vem nadar comigo neste Novo Oceano! 

Não perca a imersão de Sardinha a Tubarão que vai acontecer nos dias 21, 22 e 23 de setembro. Lá você vai ficar por dentro das melhores dicas para nadar no cardume de tubarões.

Compartilhe este post nas suas redes sociais

Compartilhe este post nas suas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Não curti.

Meh…

Curti!

Não curti.

Meh…

Curti!

Você também pode gostar de:

Você também
pode gostar de:

Enterprise agility: o que era uma opção, agora é essencial

Empresas ágeis são aquelas que estão conseguindo…

Como melhorar a experiência do cliente?

Quando você encanta seus clientes e agrega mais valor…

Enterprise agility

Empresas ágeis são aquelas que estão conseguindo…

Experiência do cliente

Quando você encanta seus clientes e agrega mais…