Que conteúdo deseja pesquisar?

Exemplo: startups, shark tank brasil, modelo de pitch

Blog da Camila Farani

Notícias e Conteúdos Exclusivos

Todo mundo em casa?

Os impactos da pandemia da Covid-19 na economia mundial já deixaram de ser uma projeção para se tornar uma realidade, afetando fortemente as principais economias do mundo, e dificilmente esse cenário será alterado nos próximos meses.


Se no Brasil o Governo já reduziu a projeção do PIB de 2020 de 2,2% para 0,2%, com grande possibilidade de ser ainda menor, grandes potências também estão revendo suas projeções de crescimento buscando o melhor cenário possível.


Com o Lockdown que se instalou em grande parte dos países da Europa, Ásia e Estados Unidos fica nítido que a economia mundial vai demorar muito para se recuperar dos estragos causados pela pandemia.
Além disso, as estimativas da OECD (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), que classifica o impacto da pandemia do coronavírus maior do que a crise após os ataques do 11 de setembro e da crise do subprime de 2008, consideram um crescimento global de cerca de 1,5% uma projeção extremamente otimista diante do que deve ocorrer daqui para a frente.


Não podemos medir com precisão quanto tempo essa crise que se instalou irá durar, e devemos sempre saber que todas as projeções mesmo que pessimistas ou otimistas, são apenas projeções. O importante como cita o Ex presidente do Banco Central Ilan Goldfajn, é fundamental protegermos os autônomos, micro, pequenas e médias empresas para que quando passado este período consigamos retomar rapidamente nossa economia.
Mesmo diante do fato de que muitas empresas enfrentarão sérios problemas nos próximos meses – inclusive os meus negócios estão sendo impactados diretamente por todo esse movimento, também é importante enxergar as possibilidades e as oportunidades que já surgiram, e as que ainda não estão no radar de quem está buscando alternativas para enfrentar esse desafio.


Os serviços de streaming estão entre as empresas que mais se beneficiaram pelas medidas de restrição e circulação impostas pelos governos de dezenas de países como medida para controlar o aumento de casos da Covid-19.
Afinal, com milhões de pessoas isoladas em suas casas, é natural que os serviços on-line passem a ser utilizados por grande parte dessas pessoas.
A Netflix sentiu na pele essa reação, com suas ações sendo negociadas em alta, mesmo diante um mercado instável, principalmente na segunda quinzena de março, quando o preço da ação saiu de US$ 298,00 para US$ 360,00, uma alta de cerca de 20% em poucos dias.
Um dos setores que mais foi impactado positivamente com a evolução da pandemia do coronavírus é o de comunicações, que diante do Lockdown mundial acabou se transformando em um dos principais serviços disponíveis, tornando possível a manutenção das atividades em milhares de empresas espalhadas em todas as partes do mundo.


O grande exemplo da importância do setor durante essa crise é o Zoom, aplicativo disponível para IOS e Android que possibilita a realização de vídeo conferências com até 25 pessoas.
As ações da empresa (ZM) negociadas na NASDAQ saltaram da faixa dos US$ 100 para os US$ 150, valores que ainda podem aumentar diante da necessidade de isolamento social em muitos países, ajudando milhares de negócios a continuar operando mesmo que com suas capacidades reduzidas.


Como um dos grandes temores da população é que em pouco tempo a produção de alimentos seja fortemente prejudicada, a tendência, que já é vista em alguns lugares, é de que as pessoas procurem estocar grandes quantidades de alimentos.


É nesse cenário que a Campbell vem sendo beneficiada durante a pandemia com um crescimento nas vendas de seus produtos, principalmente os enlatados, que devem puxar o crescimento da empresa em 2020, dando sequência aos resultados positivos dos últimos dois anos.
As medidas de isolamento social fizeram com que os serviços de delivery se tornassem a maneira mais segura para que a população evite ao máximo se expor aos riscos de contaminação com o coronavírus.


O aumento de cerca de 30% nos pedidos feitos da Rappi nos primeiros dois meses de 2020 já demonstrava que havia uma preocupação crescente com a possibilidade de a epidemia que ainda estava restrita a China se espalhasse pelo mundo.


A empresa percebeu que tanto os pedidos de supermercado quanto os de farmácias foram os que mais aumentaram diante das necessidades atuais, trazendo um aumento de 28% nas entregas tanto no Brasil quanto na Colômbia, mercado doméstico da startup.


Quando olhamos para esses números percebemos que o conceito de “Follow the Money” – ou seja, esteja presente onde o seu cliente está, nunca foi tão importante quanto nesses tempos desafiadores. E a maioria dessas empresas está posicionada exatamente onde a imensa maioria dos seus clientes está. Na internet.


Por isso é importante que você reflita sobre como pode aproximar o seu negócio dos seus clientes e potenciais clientes, e entenda que a maior parcela dessas pessoas estará na web pelos próximos meses.


Então, mesmo que você nunca tenha investido em criar um braço digital do seu negócio, é essencial começar a considerar essa possibilidade, independente se você tem ou não conhecimento técnico para isso.
Nesse momento se posicionar no online é um movimento natural que já está sendo realizado por empresas de todos os nichos e tamanhos, e quem seguir esse movimento pode passar por esse período de uma forma mais positiva.

Imagem fonte: Brasil Escola

Camila Farani

Entre em contato ou siga-me nas redes sociais